Lançamos a Coleção 6 (1985-2020)

Novo portal Geocovid MapBiomas traz mais dados e recursos para monitorar pandemia de covid-19

Entre as novas informações disponíveis estão a evolução da vacinação no Brasil, por estado e município, e a taxa de reprodução efetiva, a R(t), da doença

O portal Geocovid MapBiomas (covid.mapbiomas.org), uma iniciativa que combina recursos de geotecnologias com inteligência artificial para monitorar e prever a evolução da pandemia de covid-19 em território brasileiro, lança novo visual e novos recursos. São mais dados e opções de visualização. O novo portal já está no ar e haverá um evento online na quinta-feira (25), às 10 horas, com apresentação e debate ao vivo sobre o desenvolvimento dessa versão, no canal do MapBiomas no YouTube (@mapbiomasbrasil) e também no Facebook (@mapbiomas). 

Um dos dados incorporados ao monitoramento são os números da vacinação em todo o país, com seis tipos de dados: número de pessoas que receberam a primeira dose, os que receberam a segunda dose, assim como os índices de vacinação por dia e as taxas por 100 mil habitantes para cada um desses grupos. 

As informações sobre a evolução da vacinação também trazem as características de quem recebeu a imunização: por idade e sexo biológico, etnia, público-alvo (profissionais de saúde, idosos, idosos institucionalizados, povos indígenas, comunidades tradicionais, pessoas com deficiência etc). E também os números das vacinas aplicadas (CoronaVac, Astrazeneca/Oxford ou BioNTech/Pfizer).

Além dos números de casos e óbitos e suas respectivas taxas de evolução por 100 mil habitantes, o novo Geocovid divulga a Taxa de Reprodução Efetiva - R(t) da infecção, que é uma estimativa que aponta o quanto a doença está se espalhando. Se essa taxa estiver acima de 1, significa que cada pessoa infectada pelo coronavírus transmite, em média, a covid-19 para mais de uma pessoa. Portanto, a tendência é que o número de casos continue crescendo. Se estiver abaixo de 1, que a curva de novos casos comece a desacelerar.

A aba de projeções passará a ter três cenários: um baseado na taxa de contágio atual, outro em hipótese sem supressão de fluxo (distanciamento social) e alta taxa de contágio, e um terceiro com alta supressão de fluxo e baixa taxa de contágio. Todas as projeções mostram também a curva de demanda de leitos de enfermaria e UTI.

Todas essas informações podem ser vistas nas escalas nacional, estadual e municipal – disponíveis na versão anterior da plataforma –, além dos novos recortes por Regiões Intermediárias, Regiões Imediatas e Regiões (do IBGE) e Regiões de Saúde (do Sistema Único de Saúde, SUS).

Uma rede nacional e multidisciplinar para apoiar o combate à covid-19

O portal Geocovid foi lançado há um ano, com o propósito de monitorar o avanço da covid-19, inicialmente, nos municípios da Bahia, ajudando as autoridades de saúde na gestão e no enfrentamento da pandemia no estado. A grande procura por pesquisadores, profissionais da imprensa e gestores públicos de todo o país fez o projeto se ampliar nacionalmente. “Percebemos a necessidade de ampliar o projeto para todo o Brasil, não só por necessidade de melhorar o modelo, mas também de ampliar a oferta do serviço para outras regiões”, diz o professor Washington Franca-Rocha, professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e coordenador do Geocovid MapBiomas. 

Nesse momento, iniciou-se a parceria com o MapBiomas. “Havia desafios a serem superados, como a alimentação dos dados, que até então era manual, além da necessidade de maior espaço de armazenamento e eficiência de processamento dos dados. Esses desafios foram equacionados com o apoio da Rede MapBiomas Brasil, que garantiu as condições necessárias para o processo de ‘scale-up’, e, com o talento dos analistas da Geodatin, que produziram soluções criativas para tornar o portal efetivo”, afirma Franca-Rocha. Em um ano, o portal Geocovid alcançou mais de 220 mil visualizações, por mais de 70 mil pessoas em 95 países.

"A nova versão do portal Geocovid MapBiomas representa uma evolução importante e necessária deste serviço à população. Não apenas pelas melhorias na interface e nos algoritmos de projeção, mas porque novos conteúdos são introduzidos no portal, como o R(t) e os dados de vacinação. Neste momento triste do país, este portal é um esforço colaborativo envolvendo diferentes tipos de atores do qual nosso Sistema Nacional de CT&I pode certamente se orgulhar", diz o professor e pesquisador Gesil Sampaio Amarante Segundo, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e membro do Conselho Científico das Secretarias de Saúde do Consórcio de Municípios da Região Sul da Bahia.

Live de lançamento do novo Geocovid MapBiomas

O novo portal Geocovid MapBiomas, uma iniciativa que une organizações acadêmicas (UEFS, UFBA, UESC, UNEB e IFBA), empresas emergentes de base tecnológica (GEODATIN e SOLVED) e o MapBiomas, foi lançado na quinta-feira (25 de março), com um debate ao vivo no Facebook e no YouTube do MapBiomas.

O evento apresentou como a plataforma foi desenvolvida de forma multidisciplinar e também abordou a importância da ciência e seus diferentes campos no combate à pandemia de covid-19.

Confira como foi:

Evento: Lançamento do novo Geocovid MapBiomas
Data: 25 de março (quinta-feira), 10h às 12h

Ao vivo 
Youtube: https://youtu.be/Htgds3WSsLI
Facebook: https://bit.ly/39bXpNR 

Abertura:
Evandro Silva
Reitor da UEFS

Palestrantes:
Washington Franca-Rocha
Professor Titular do PPGM/UEFS
Coordenador do Geocovid MapBiomas

Elaine Cristina Cambui Barbosa
Professora permanente do IF/UFBA

Álvaro Fernandes de Abreu Justen
Coordenador do projeto Brasil.io

Debatedores:
Henrique dos Santos Pereira
Professor Titular da UFAM

Marcio Luis Valença Araújo
Professor do IFBA
Assessor da Secretaria de Saúde da Bahia

Mediação:
Julia Shimbo
Coordenadora científica do MapBiomas

Informações à imprensa:
O Geocovid MapBiomas é uma iniciativa liderada pelo Programa de Pós-Graduação em Modelagem em Ciência da Terra e do Ambiente da UEFS e apoiada pela Rede MapBiomas Brasil.

UEFS
Assessoria de comunicação
ascom@uefs.br

Rede MapBiomas
Comunicação
Liuca Yonaha - (11) 94186-4029
liuca@ykidigital.com