Conheça o MapBiomas

Produtos

Todos os produtos do MapBiomas estão em constante evolução, divididos em Coleções:

  • Coleção 1 – publicada em abril de 2016,  com legenda simplificada contendo 7 classes e cobrindo o período de 2008-2015.

  • Coleção 2 – publicada em abril de 2017, com 13 classes de legenda cobrindo o período de 2000-2016
    • Coleção 2.3, publicada em janeiro de 2018, com melhorias a partir de aplicação de random forest.

  • Coleção 3 – publicada em agosto de 2018, com 19 classes de legenda cobrindo o período de 1985 – 2017
    • Coleção 3.1, publicada em abril de 2019, com melhorias na classificação

  • Coleção 4 - publicada em agosto de 2019, com 19 classes de legenda cobrindo o período de 1985 – 2018
    • Coleção 4.1., publicada em março de 2020, com melhorias da classificação

  • Coleção 5 - publicada em agosto de 2020, com 21 classes de legenda cobrindo o período de 1985 – 2019

  • Coleção 6 - publicada em agosto de 2021, com 25 classes de legenda cobrindo o período de 1985 - 2020

  • Coleção 7 - publicada em agosto de 2022, com 27 classes de legenda cobrindo o período de 1985 - 2021

Atenção:

  • Os mapas das Coleções do MapBiomas são um produto em evolução. Ao utilizar os dados certifique-se que está utilizando sempre a última versão disponível.
  • Os mapas do MapBiomas tem sua melhor aplicação em escalas até 1:100.000. Embora seja possível visualizá-los em escala 1:50.000, não recomendamos a utilização dos mesmos nesta escala.

Produtos para todos os públicos

  • Mapas de cobertura e uso da terra: são mapas no formato matricial (pixel de 30x30m). A legenda destes mapas assim como o período coberto evolui ao longo das coleções.
  • Mapas de cicatrizes de Fogo: são mapas de cicatrizes de fogo no Brasil baseado em mosaicos de imagens dos satélites Landsat com resolução espacial de 30 metros. O período de mapeamento foi de 1985 a 2020, com dados mensais e anuais de cicatrizes de queimada cobrindo todo o território brasileiro.
  • Mapas de superfície da Água: são mapas da dinâmica da superfície de água e de corpos hídricos no Brasil feitos com imagens do satélite Landsat, do período de 1985 a 2021, com menos 70% de cobertura de nuvens, na resolução espacial de 30 metros. O mapeamento foi conduzido na escala de sub-pixel, com modelo espectral de mistura (MEM) e regras de classificação empíricas baseadas em lógica fuzzy.
  • Mosaicos de imagens de satélite para cada ano da série histórica com resolução espacial máxima de 30 m formado pela composição dos pixels representativos de cada conjunto de imagens de um local num determinado período de tempo (ex. filtrando as nuvens). Os períodos do ano em que são selecionadas as imagens variam conforme a região, tema ou bioma. Cada mosaico contém até 105 camadas de informação incluindo as bandas espectrais, frações e índices (ex. NDFI, NDVI etc). Os mosaicos podem ser acessados diretamente no Google Earth Engine.
  • Plataforma Web de consulta pública com imagens, mapas e estatísticas das coleções do MapBiomas.

Produtos para especialistas ou interessados em se aprofundar

  • Notas metodológicas (produzidos no formato de ATBD) explicam todo o método de trabalho incluindo as especificidades de cada bioma e tema transversal mapeado.
  • Coleção de scripts no GitHub: permite a multiplicação e adaptação para outros contextos.
  • PlugIns para QGis - permitem acessar os dados do MapBiomas diretamente no QGIS.
  • Ferramentas de Acesso e Download no Google Earth Engine -  permite acessar e baixar dados do MapBiomas para diferentes recortes territoriais.
  • Notas técnicas são produzidas pela equipe do projeto e abordam questões específicas de interesse público.